Para Rir

    Compartilhe
    avatar
    António C

    Número de Mensagens : 62
    Idade : 55
    Localização : Mindelo
    Pontos : 7
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Para Rir

    Mensagem por António C em Qui Jan 10, 2008 4:27 am

    Fim de tarde, um ginecologista aguarda sua última paciente que não chega. Depois de 45 minutos, ele supõe que não virá mais, e resolve
    tomar um gin tónico para relaxar antes de voltar para casa. Ele se instala confortavelmente numa poltrona e começa a ler o jornal do dia,
    quando toca a campainha. É a paciente que chega e, os olhos cheios de lágrimas, pede desculpas pelo atraso.
    - "Não tem importância, imagine..." - responde o médico.
    - "Olhe, eu estava tomando um gin tónico enquanto esperava. Quer um também antes do exame?"
    - "Aceito com prazer." - responde a paciente, aliviada.
    Ele lhe serve um copo, senta-se na sua frente e começam a bater papo. De repente ouve-se um barulho de chave na porta do consultório.
    O médico tem um sobressalto, levanta-se bruscamente e diz:

    - "Minha mulher! Rápido, tire a roupa e abra as pernas!" Shocked
    avatar
    Maga Patalógica

    Número de Mensagens : 86
    Localização : Mindelo
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Re: Para Rir

    Mensagem por Maga Patalógica em Sab Jan 12, 2008 6:26 am

    O filho do D. Duarte chega ao pé do pai e diz:
    - Pai, sou gay.
    Ao que D. Duarte responde:
    Não, meu filho, tu não és gay.
    Eu é que sou gay.
    A tua mãe é a gaínha e tu és o Peguíncepe.
    avatar
    Maga Patalógica

    Número de Mensagens : 86
    Localização : Mindelo
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Re: Para Rir

    Mensagem por Maga Patalógica em Sab Jan 12, 2008 6:35 am



    Última edição por Maga Patalógica em Sex Maio 23, 2008 8:27 am, editado 2 vez(es)
    avatar
    António C

    Número de Mensagens : 62
    Idade : 55
    Localização : Mindelo
    Pontos : 7
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Vida de Casado...

    Mensagem por António C em Qui Fev 14, 2008 10:59 am

    Quatro homens casados foram pescar.

    O primeiro homem disse:
    - Não fazes ideia do que eu tive que fazer para poder vir pescar... Vê lá tu que tive que prometer à minha mulher que pintaria a casa inteirinha no próximo fim de semana.

    O segundo homem disse:
    - Isso não é nada! Eu prometi à minha mulher que construiria uma piscina no fundo de casa.

    O terceiro homem disse:
    - Credo! Mas isso é brincadeira! Eu tive que prometer que iria remodelar a cozinha da minha mulher.

    Eles continuaram a pescar, até que perceberam que o quarto homem não tinha dito nada.
    Então,decidiram perguntar o que ele fez para ser possível ir à pescaria.
    - O que foi que você prometeu à sua mulher?

    E o quarto homem respondeu:
    - Eu meti o meu relógio a despertar às 5:30h da manhã.. Quando o relógio tocou, eu dei um toque na minha mulher e perguntei:

    "Pescaria ou Sexo?"

    E ela respondeu:
    "Leva um agasalho..."
    avatar
    tcpor

    Número de Mensagens : 147
    Idade : 38
    Localização : Matosinhos
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Re: Para Rir

    Mensagem por tcpor em Qui Fev 14, 2008 12:39 pm

    Laughing

    Muito boa!
    avatar
    Maga Patalógica

    Número de Mensagens : 86
    Localização : Mindelo
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Composição sobre sexo

    Mensagem por Maga Patalógica em Sex Fev 22, 2008 2:57 am

    Composição sobre sexo

    A professora mandou os alunos fazerem uma composição sobre o tema sexo
    e assuntos relacionados com esse tema. No dia seguinte, cada aluno leu
    a sua composição:

    > A da Joana era acerca de métodos contraceptivos, a do Zé 'falava' da
    > masturbação, a Joaquina escreveu sobre rituais sexuais antigos, etc...
    >
    > Chegou a vez do Luizinho:
    >
    > - Então Luizinho, fizeste a composição que eu mandei?
    >
    > - Sim Sra. professora.
    >
    > - Vá, lê lá então!
    >
    > E o Luizinho começou a ler alto:
    >
    > - 'Era uma vez no velho Oeste, há muitos, muitos anos. No relógio da
    > igreja batiam as 19h. Nuvens de poeira arrastavam-se pela cidade
    > semi-deserta. O Sol ofuscava o horizonte, e tingia as nuvens de tons
    > de sangue. De súbito, no horizonte, recortou-se a silhueta de um
    > cavaleiro.
    >
    > Lentamente, foi-se aproximando da cidade... Ao chegar à entrada, desmontou.
    >
    > O silêncio pesado foi perturbado pelo tilintar das esporas. O
    > cavaleiro chamava-se Johny! Vestia todo de preto, à excepção do lenço
    > vermelho que trazia ao pescoço e da fivela de prata que 'prendia' os
    > dois revolveres à cintura. O cavalo, companheiro de muitas andanças,
    > dirigiu-se hesitante por uma poça de água..
    >
    > PUM! PUM! PUM!
    >
    > O cheiro a pólvora provinha do revólver que já tinha voltado para o
    > coldre de Johny. Johny não gostava de cavalos desobedientes! Johny
    > dirigiu-se para o bar. Quando estava a subir os três degraus, um
    > mendigo que até ali dormia, tocou na perna de Johny e pediu uma
    > esmola...
    >
    > PUM! PUM! PUM!
    >
    > Johny não gostava que lhe tocassem! Entrou no bar. Foi até ao balcão,
    > e pediu uma cerveja. O barman serviu-lhe a cerveja. Johny provou...
    >
    > PUM! PUM! PUM!
    >
    > Johny não gostava de cervejas mornas! As outras pessoas olharam todas
    > surpreendidas...
    >
    > PUM! PUM! PUM!
    >
    > Johny não gostava de ser o centro das atenções! Saiu do bar.
    >
    > Deslocou-se até ao outro lado da cidade para comprar um cavalo.
    >
    > Passaram por ele um grupo de crianças a brincar e a correr...
    >
    > PUM! PUM! PUM!
    >
    > Johny não gostava de poeira e alem disso as crianças faziam muito
    > barulho! Comprou o cavalo, e quando pagou, o Sr. enganou-se no
    > troco...
    >
    > PUM! PUM! PUM!
    >
    > Johny não gostava que se enganassem no troco! Saiu da cidade. Mais uma
    > vez a sua silhueta recortou-se no horizonte, desta vez com o Sol já
    > quase recolhido. O silêncio era pesado.'
    >
    > FIM
    >
    > O Luizinho calou-se. A turma estava petrificada!
    >
    > A professora chocada pergunta:
    >
    > - Mas...mas...Luizinho...o que esta composição tem a ver com sexo?
    >
    > Luizinho com as mãos nos bolsos, responde:
    >
    > - O Johny era fodido...
    avatar
    Maga Patalógica

    Número de Mensagens : 86
    Localização : Mindelo
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Humor negro

    Mensagem por Maga Patalógica em Qui Mar 06, 2008 3:36 am

    Quais foram as ultimas palavras do condutor de Autocarros do Castelo de Paiva? Ah...! Onde é que está a ponte?

    Viaje com a American Airlines e conheça os monumentos Nova Yorkinos por dentro!

    American Airlines lança promoção. Não venha até ao aeroporto, nós vamos buscá-lo ao seu escritório.

    Como está o site do Pentágono? - Em construção!

    A melhor noite é em Bagdad, é sempre a bombar!
    avatar
    Maga Patalógica

    Número de Mensagens : 86
    Localização : Mindelo
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Re: Para Rir

    Mensagem por Maga Patalógica em Ter Maio 27, 2008 8:08 am

    avatar
    Maga Patalógica

    Número de Mensagens : 86
    Localização : Mindelo
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    pala lil - someone lealy cales

    Mensagem por Maga Patalógica em Ter Jun 17, 2008 9:58 am

    avatar
    Maga Patalógica

    Número de Mensagens : 86
    Localização : Mindelo
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    30 anos - O que mudou

    Mensagem por Maga Patalógica em Qui Jun 19, 2008 1:23 pm

    Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga.
    Ano 1978: O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.
    Ano 2008: A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a porta da escola.


    Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas.
    Ano 1978: Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos e acabam por ir juntos jogar matrecos.
    Ano 2008: A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar, o Correio da Manhã faz uma capa inteira dedicada ao tema e a TVI insiste em colocar a Moura-Guedes à porta da escola a apresentar o telejornal, mesmo debaixo de chuva.

    Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas.
    Ano 1978: Mandam o Jaime ir falar com o Director e este dá-lhe uma bronca de todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.
    Ano 2008: Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalin para combater a hiperactividade. O Jaime parece um Zombie. A comunicação social pressiona o governo para dar um apoio financeiro à escola, devido a ter um aluno incapacitado.

    Situação: O Luis parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai dá-lhe três acoites e um “chega pra lá”.
    Ano 1978: O Luis tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai à universidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.
    Ano 2008: Prendem o pai do Luís por maus tratos a menores. Sem a figura paterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como o Você na TV do Manuel Luís Goucha.

    Situação: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora Maria encontra-o sentado na berma da pista a chorar. Maria abraça-o para o consolar.
    Ano 1978: Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.
    Ano 2008: A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego. Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia em terapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria por trauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheia de dívidas, suicida-se atirando-se de um prédio, caindo sobre um carro. O dono do carro processa os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham a SIC e a TVI que produzem um filme baseado neste caso.

    Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado 'chocolate' ao outro.
    Ano 1978: Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa. Amanhã são colegas.
    Ano 2008: A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara uma grande reportagem, dessas com investigadores que passaram dias no colégio a averiguar factos. Emitem-se programas e documentários sobre jovens problemáticos e o ódio racial. A juventude Skinhead finge revolucionar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.

    Situação: Fazias uma asneira na sala de aula:
    Ano 1978: O professor espetava duas valentes lostras bem merecidas. Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque 'alguma deves ter feito'.
    Ano 2008: Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.

    Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno.
    Ano 1978: Não se passa nada.
    Ano 2008: As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e diarreia.

    Situação: O fim das férias.
    Ano 1978: Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de Portugal, terminam as férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.
    Ano 2008: Depois de voltar de Cancún, de uma viagem super cansativa, terminam as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e incapacidade de viver com o custo de vida tão alto e os salários tão baixos.
    avatar
    tcpor

    Número de Mensagens : 147
    Idade : 38
    Localização : Matosinhos
    Pontos : 0
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Re: Para Rir

    Mensagem por tcpor em Sex Jun 20, 2008 2:34 am

    Muito bom! Laughing
    avatar
    JFausto

    Número de Mensagens : 175
    Idade : 51
    Localização : Mindelo - Vila do Conde
    Pontos : 31
    Data de inscrição : 27/12/2007

    Re: Para Rir

    Mensagem por JFausto em Sex Jun 20, 2008 1:42 pm

    Gostei, só de ti Very Happy

    Conteúdo patrocinado

    Re: Para Rir

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Dez 11, 2018 9:40 am